❤️Penálti e expulsões marcaram derby entre Vitória e Sp. Braga❤️

jogos03 de azar online 2023-03-14 7184

description:2023-03-14 21:50O jogo que encerrava a 22.ª jornada do campeonato prometia emoções fortes. Vitória de Guimarães e Sporting de Braga enfrentavam-se em mais um derby minhoto. Habitualmente um jogo renhido, o embate desta segunda-feira entre vitorianos e bracarenses tinha como aliciante adicional a hipótese destes subirem ao segundo lugar da classificação, ultrapassando o FC Porto. Mas a visita a casa do vizinho não correu bem para os “arsenalistas” que viram um penálti e uma expulsão abrirem caminho para uma vitória do rival por 2-1.As duas equipas chegavam a este duelo em momentos distintos. Enquanto os vitorianos tinham conseguido três triunfos e um empate nos seus últimos quatro jogos, os bracarenses somavam duas derrotas e outros tantos triunfos. É certo que as derrotas foram em partidas europeias (frente à Fiorentina, na Liga Conferência) mas não deixaram de ser penalizadoras para a equipa de Artur Jorge, pois não só significaram vários golos sofridos e a eliminação da competição como um desgaste acrescido para os seus jogadores. Prova disso mesmo foi o facto do técnico “arsenalista” ter apenas repetido três nomes na lista de titulares em relação à partida de quinta-feira. O jogo desta segunda-feira começou equilibrado e intenso, como era previsível, mas uma entrada à margem das leis de Niakité sobre Safira fez os pratos da balança penderem para os vitorianos. Perto da primeira meia-hora de jogo o central francês cometeu penálti e foi expulso. Tiago Silva não vacilou e num ápice o Sp. Braga viu-se em desvantagem no marcador e a ter de jogar o resto da partida em inferioridade numérica.O Sp. Braga sentiu o embate e viu a sua situação piorar pouco antes do intervalo, quando Safira dilatou a vantagem vimaranense num excelente cabeceamento. Positivo/NegativoNegativoDisciplinaUm jogo em que o árbitro mostra dez cartões amarelos e ainda três vermelhos não pode ser um bom espectáculo.NegativoNiakitéChegou um pouco tarde num lance rápido do Vitória e a única forma que encontrou para estorvar o remate de Safira foi esticar o seu braço esquerdo e desequilibrar o seu adversário. Deixou a sua equipa a jogar com menos um elemento a partir da primeira meia hora de jogo.NegativoConfrontosA rivalidade não deve passar disso mesmo e, ontem, em Guimarães voltou a assistir-se a violência entre adeptos de Vitória e Sp. Braga, com cadeiras a voar e a polícia a ter de entrar em acção.Mais um golpe duro numa equipa que só voltou a “entrar” na partida quando Tiago Silva, pouco depois do recomeço do jogo, também foi expulso por acumulação de cartões amarelos. Mas o encontro, durante o segundo tempo, foi mais de luta do que de oportunidades. O Vitória confortável no marcador, foi gerindo a sua vantagem, enquanto o Sp. Braga não mostrava capacidade para dar a volta ao texto. Só que a três minutos dos 90’ um canto aliviado para a zona frontal da área vitoriana fez a bola pingar à frente de Álvaro Djaló. Um remate de primeira surpreendeu Varela e reduziu a...

O jogo que encerrava a 22.ª jornada do campeonato prometia emoções fortes. Vitória de Guimarães e Sporting de Braga enfrentavam-se em mais um derby minhoto. Habitualmente um jogo renhido, o embate desta segunda-feira entre vitorianos e bracarenses tinha como aliciante adicional a hipótese destes subirem ao segundo lugar da classificação, ultrapassando o FC Porto. Mas a visita a casa do vizinho não correu bem para os “arsenalistas” que viram um penálti e uma expulsão abrirem caminho para uma vitória do rival por 2-1.

As duas equipas chegavam a este duelo em momentos distintos. Enquanto os vitorianos tinham conseguido três triunfos e um empate nos seus últimos quatro jogos, os bracarenses somavam duas derrotas e outros tantos triunfos. É certo que as derrotas foram em partidas europeias (frente à Fiorentina, na Liga Conferência) mas não deixaram de ser penalizadoras para a equipa de Artur Jorge, pois não só significaram vários golos sofridos e a eliminação da competição como um desgaste acrescido para os seus jogadores. Prova disso mesmo foi o facto do técnico “arsenalista” ter apenas repetido três nomes na lista de titulares em relação à partida de quinta-feira.

O jogo desta segunda-feira começou equilibrado e intenso, como era previsível, mas uma entrada à margem das leis de Niakité sobre Safira fez os pratos da balança penderem para os vitorianos. Perto da primeira meia-hora de jogo o central francês cometeu penálti e foi expulso. Tiago Silva não vacilou e num ápice o Sp. Braga viu-se em desvantagem no marcador e a ter de jogar o resto da partida em inferioridade numérica.

O Sp. Braga sentiu o embate e viu a sua situação piorar pouco antes do intervalo, quando Safira dilatou a vantagem vimaranense num excelente cabeceamento.

Positivo/Negativo

  • Negativo
    Disciplina

    Um jogo em que o árbitro mostra dez cartões amarelos e ainda três vermelhos não pode ser um bom espectáculo.

  • Negativo
    Niakité

    Chegou um pouco tarde num lance rápido do Vitória e a única forma que encontrou para estorvar o remate de Safira foi esticar o seu braço esquerdo e desequilibrar o seu adversário. Deixou a sua equipa a jogar com menos um elemento a partir da primeira meia hora de jogo.

  • Negativo
    Confrontos

    A rivalidade não deve passar disso mesmo e, ontem, em Guimarães voltou a assistir-se a violência entre adeptos de Vitória e Sp. Braga, com cadeiras a voar e a polícia a ter de entrar em acção.

Mais um golpe duro numa equipa que só voltou a “entrar” na partida quando Tiago Silva, pouco depois do recomeço do jogo, também foi expulso por acumulação de cartões amarelos. Mas o encontro, durante o segundo tempo, foi mais de luta do que de oportunidades. O Vitória confortável no marcador, foi gerindo a sua vantagem, enquanto o Sp. Braga não mostrava capacidade para dar a volta ao texto.

Só que a três minutos dos 90’ um canto aliviado para a zona frontal da área vitoriana fez a bola pingar à frente de Álvaro Djaló. Um remate de primeira surpreendeu Varela e reduziu a desvantagem.

Seguiram-se dez minutos de sofrimento para os da casa, mas a vitória já não fugiria.

❤️[Penálti e expulsões marcaram derby entre Vitória e Sp. Braga]❤️

description:2023-03-14 20:08A portuguesa Marta Pen qualificou-se nesta sexta-feira para a final dos 1500 metros dos Campeonatos da Europa de atletismo em pista coberta, em Istambul, na Turquia, com o segundo lugar na eliminatória, enquanto Salomé Afonso foi eliminada.Marta Pen, de 29 anos, foi segunda na segunda das três séries das eliminatórias, em 4m23,30s, atrás da britânica Laura Muir (4m23,20s), assegurando a qualificação directa para a final.A atleta do Benfica, que tem 4m06,94s como recorde pessoal e 4m08,28s como melhor marca do ano, volta à pista da Ataköy Arena, em Istambul, na final dos 1500 metros, no sábado, a partir das 17h em Lisboa.Já Salomé Afonso, na estreia em Europeus indoor, não foi além das eliminatórias, ao terminar na sétima e última posição da terceira série dos 1500 metros, em 4m16,59s.A atleta do Sporting tem 4m12,12s como recorde pessoal, estabelecido já este ano...❤️.[Penálti e expulsões marcaram derby entre Vitória e Sp. Braga]❤️

[Penálti e expulsões marcaram derby entre Vitória e Sp. Braga]❤️tags

comment_list
close

WeChat